Ano de formações culmina com entrega de diplomas em Fonte Arcada PDF Print E-mail
Sexta, 06 Dezembro 2013
Foram entregues 340 diplomas a cerca de 130 pessoas no passado dia 29 de Novembro em Fonte Arcada. Uma iniciativa que contou com o Gip de Fonte Arcada que abrange as freguesias de Capela, Figueira, Fonte Arcada, Lagares e Paço de Sousa.
Fruto de um protocolo entre o GIP e a Cespu Formação, em que foram desenvolvidas várias formações ao longo de 2013. O GIP acaba por encaminhar estas formações para a Associação Fonte de Solidariedade que é a dinamizadora desta parceria.
Imagem Activa Estas formações são direccionadas para desempregados e empregados, desde que o horário não coincida com o horário de trabalho. As áreas são as mais variadas, desde a informática, decoração floral, contabilidade, línguas, atendimento e comunicação interpessoal, geriatria, entre outras. Sobretudo estas formações ajudam as pessoas a socializar, a aprender algo de novo e elevar a sua auto-estima.
Paulo Jorge Ferreira, presidente da Junta de Freguesia de Fonte Arcada, explica que estas acções têm uma grande importância, pela satisfação das pessoas que e notória, uma vez que se sentem ocupados e enriquecidos. O autarca e responsável pela Associação para o desenvolvimento garante que em 2014 as formações serão para continuar. Uma vez que tudo indica que o GIP irá continuar em Fonte Arcada.
Diana Rodrigues, coordenadora pedagógica da Cespu, explica que a área principal é a formação superior na área da saúde, mas que em 2008 começaram com a formação para adultos, com os Centros de Novas Oportunidades. Em 2012/ 2013 têm vindo a executar cerca de 90 mil horas de formação, não só na Cespu, mas sobretudo numa política de proximidade, com parcerias nos concelhos de Paredes e Penafiel.
Fora da Cespu as formações são sempre em parceria com IPSS’S, Juntas de Freguesia, GIP’s e até algumas empresas.
Para José Carlos Cruz, Diretor da Cespu, este é o culminar de um ano de trabalho, uma das áreas mais recentes da Cespu, mas das que tem melhores resultados. Explica ainda que a aposta na formação de adultos surgiu com a ideia de criar uma Escola profissional, sentiram que era uma área de carência em Portugal, hoje considera mesmo uma prioridade, que acabou por ainda não ter avançado, mas que está pensada.
Rodrigo Lopes, vereador da Câmara Municipal de Penafiel, que detém a pasta da educação, elogiou o esforço dos adultos que pretendem aprender. Acredita ainda que estas novas competências possam abrir portas, “em tempos difíceis quem tem formação consegue alguma vantagem”, explica assim a importância destas acções para quem procura emprego.
 
Advertisement
 
Breves

No passado dia 11 de Abril, a ADP assinalou a tomada de posse dos órgãos sociais da associação.
Sem grandes alterações, Henrique Silva mantém a presidência da direção, Pedro Norberto a presidência da AssembleiaImagem Activa Geral e António Gaspar Dias a presidência do conselho fiscal.
Pedro Norberto considera que se neste mandato for feito o mesmo que foi feito no anterior, que será um mandato de sucesso. “ADP vive do esforço desta gente que gere o desporto”.
Read more...
Últimas
Capa do Jornal
Mais Lidas