Publicidade - OTZAds

Cientistas das universidades Stanford e de Pittsburgh, as duas dos EUA, encotraram uma maneira de usar os sensores acelerômetros, que estão nas maiorias dos celures modernos, para mostrar quando um usuário está embriagado.Observando o padrão de caminhadaOs acelerômetros dos smartphones foram usados de maneira a descobrir mudanças na frequência de caminhada das pessoas. Para isso, os especialistas fizeram uma experimento com 22 pessoas voluntárias que passaram aproximadamente 1 hora tomando bebida que continha vodca. O intuito era que a respiração dos voluntários mostrasse a presença de aproximadamente 0,2% de álcool, um teor bem acima dos 0,08% que são consideradas o limite para uma pessoa dirigir nos Estados Unidos.Logo depois, a cada hora, no período de 7 horas contínua, foram realizados testes de bafômetro e os participantes caminharam em linha contínua por no máximo dez passos, voltando ao ponto de partida. O smartphone que buscava as informações estava preso na parte inferior das costas dos voluntários. Em quase 91% dos casos, os cientistas conseguiram perceber as mudanças na frequência de caminhada dos participantes para indicar que eles haviam passado do limite permitido de concentração de álcool na respiração.

Publicidade - OTZAds
Publicidade - OTZAds
Publicidade - OTZAds

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here